28 de set de 2015

Paciente diz que foi abusado por enfermeiro em hospital em Taboão

Um paciente diz ter sido abusado sexualmente por um enfermeiro enquanto estava internado no Hospital Family, localizado em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, segundo boletim de ocorrência ao qual o G1 teve acesso nesta segunda-feira (28). O hospital, que é particular, abriu uma sindicância sobre o caso.
Em depoimento, a vítima de 26 anos afirmou que a violência ocorreu entre os dias 7 e 11 de setembro enquanto estava sob efeito de medicamentos que tomou no hospital.

Segundo o advogado da vítima, o criminalista Ademar Gomes banheiro do hospital, foi gravado com câmera de celular pela vítima e as imagens estão com a polícia. "A vítima acordou suja de esperma e questionou o enfermeiro sobre o que teria acontecido. Ele alegou que era um delírio, reação adversa comum aos remédios. Desconfiada, a vítima posicionou o celular na janela do banheiro para gravar o próximo ato e entender mais tarde o que estava acontecendo", contou o advogado.

De acordo com o advogado que atende o hospital, o Family teve conhecimento do caso no dia da alta do paciente, que comunicou o ocorrido à direção do hospital. A vítima foi orientada a formalizar a denúncia por escrito e foi aberta uma sindicância. O enfermeiro deixou de comparecer ao hospital no dia da alta e, por essa razão, ainda não há a versão dele.

O advogado informou ainda que o delegado do 1º Distrito Policial de Taboão da Serra pediu a prisão preventiva do enfermeiro, mas a Justiça negou, justificando que não havia indícios suficientes que comprovem o crime. 

Artigo publicado: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/09/enfermeiro-e-suspeito-de-abusar-de-paciente-em-hospital-em-taboao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário