24 de set de 2015

Eduardo Cunha lê em plenário rito de processo de impeachment Leitura é procedimento previsto no Regimento Interno da Câmara. Presidente da Câmara ainda decidirá se aceita pedidos de impeachment.

Processo de impeachment
Na resposta apresentada nesta quarta à oposição, o presidente da Câmara explicou que a eventual comissão que venha a ser criada para analisar a abertura do processo de impeachment será composta por representantes de todos os partidos na Casa, sendo 66 titulares e 66 suplentes. O número de vagas de cada partido e bloco parlamentar será definido proporcionalmente ao tamanho das bancadas, ressaltou Cunha.

Ainda de acordo com o peemedebista, a defesa da presidente da República terá dez sessões para se manifestar ao colegiado. Após esse prazo, explicou, caberá à comissão elaborar, em um prazo de cinco sessões, o relatório que será submetido ao plenário da Câmara.

Para o parecer ser aprovado, complementou Cunha aos oposicionistas, ao menos dois terços dos 513 deputados (342) terão de votar a favor. Caso os parlamentares decidam pela abertura do processo de impeachment, Dilma será obrigada a se afastar do cargo por 180 dias e o processo segue para julgamento do Senado.

Fonte: G1

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/09/eduardo-cunha-le-em-plenario-rito-de-processo-de-impeachment.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário