28 de set de 2015

Os dois lados da Unimed do Brasil, as que estão em forma, e as que sofrem com custos em altas e dívidas difíceis de pagar.

Segundo a Revista Exame edição 1098 de 30/09/2015 pelo menos 2 milhões de clientes da operadora de saúde Unimed estão em cooperativas problemáticas. A de São Paulo já quebrou. 

Segunda a revista o grupo Amil, teve um prejuízo de 250 milhões de reais no ano passado.

O povo brasileiro que já vem sofrendo com o problema crônico da saúde pública no Brasil, agora tem mais um fantasma as do plano de saúde.
Vamos ficar acompanhado de perto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário