22 de set de 2015

Jovem morre após tomar remédio para emagrecer e mãe escreve carta: ‘É a cultura da magreza’

Após perder a filha na última sexta-feira, uma mãe de Goiânia faz um alerta para quem toma remédios para emagrecer. Carolina Martins Moura, de apenas 23 anos, morreu ao ingerir o medicamento sibutramina, mesmo sabendo que tinha pressão alta.

Em sua rede social, Beatriz Martins relata que a filha não estava satisfeita com o próprio corpo. “Ela se achava sempre acima do peso e começava as metas de perder peso: academia, comer menos etc.”, descreve a mulher.

Beatriz conta ainda que, há alguns anos, Carolina usou medicamento para emagrecer, mas não se sentiu bem por ter problema de pressão alta. “Fiquei tranquila e achei que ela nunca mais fosse fazer uso deste veneno”, relata.

Mãe de mais dois jovens, a moradora de Goiânia afirma que soube, uma semana antes da morte da filha, que ela voltou a tomar o remédio e questiona como conseguiu o mesmo, já que, pelo seu estado de saúde, ela não conseguiria prescrição médica. “Fica um alerta aqui a todos que fazem uso indiscriminado deste medicamento, a todos que vendem na internet ‘o restinho que sobrou’, e aos laboratórios milagrosos que os vendem no mercado negro”, desabafa.



Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/jovem-morre-apos-tomar-remedio-para-emagrecer-mae-escreve-carta-a-cultura-da-magreza-17571930.html#ixzz3mVlgvBgD

Nenhum comentário:

Postar um comentário