22 de jul de 2015

Abbott traz ao Brasil novas tecnologias para o tratamento da catarata

A catarata consiste na opacidade total ou parcial do cristalino, a lente natural do globo ocular, o que leva à diminuição progressiva da visão, e até mesmo à cegueira. Já a presbiopia ocorre quando os olhos perdem a capacidade de focar objetos muito próximos.

Com aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), uma das novidades lançada pela Abbott é a lente intraocular conhecida como TECNIS® Symfony, desenvolvida para ampliar o campo da visão. Indicada para correção visual de pacientes adultos que tenham sofrido a remoção do cristalino com catarata e desejam recuperar a visão, a nova lente é a única no mercado que possibilita um intervalo contínuo de visão para longe, perto e média distância (visão intermediária).

"A TECNIS® Symfony tem um design exclusivo que possibilita que as pessoas vejam extremamente bem e com uma variedade de distâncias, o que permite que o paciente recupere a visão, proporcionando um rejuvenescimento visual e melhor qualidade de vida aos pacientes que querem ficar independente dos óculos", explica Eduardo Takeshi, Country Manager do negócio de Cuidados para Visão da Abbott.

A cirurgia de catarata é uma das mais realizadas em todo o mundo e tem evoluído constantemente no que diz respeito à técnica, equipamentos, e materiais ou lentes utilizadas. Dados do Ministério da Saúde mostram que no ano de 2013 foram realizados cerca de 2.2 milhões de procedimentos cirúrgicos eletivos, sendo mais de 500 mil cirurgias de catarata e 180 mil cirurgias nas especialidades de oftalmologia. 

Acompanhando essa crescente demanda, a Abbott trouxe para o Brasil o primeiro equipamento desenvolvido especificamente para a cirurgia assistida de catarata a laser. Conhecido como Sistema a Laser de Precisão CATALYS, ele  é indicado para pacientes que precisam ser submetidos à cirurgia de catarata para a remoção da lente natural.

A maioria dos procedimentos de catarata são feitos manualmente pelo cirurgião ao realizar as incisões no olho. CATALYS®  permite que os médicos substituam com precisão algumas das etapas manuais, tecnicamente exigidas durante a cirurgia de catarata, sendo guiadas por imagem e utilizando a tecnologia de laser de femtosegundo.

O Sistema CATALYS é composto pelo sistema operacional Cataract Operating System 3 (cOS3) e a interface LIQUID OPTICS Interface 12, ambos aprovados pela Anvisa.

O equipamento produz vídeo e imagens em alta resolução durante o procedimento, mostrando uma visão panorâmica do olho, em tempo real. "Isso favorece o trabalho do médico, assegura mais eficiência ao profissional e mais agilidade à cirurgia", diz Takeshi. O software do equipamento tem uma navegabilidade simples, com orientação em etapas sobre a conduta do procedimento. A tecnologia também amplia o universo de pessoas que podem passar pela cirurgia a laser. 

Atualmente, as cirurgias de catarata convencionais utilizam a facoemulsificação, em que é realizada uma incisão na córnea para fragmentar o cristalino doente com uma cânula e, em seguida aspirá-lo. Assim, a lente é inserida através da incisão feita na córnea. Com o sistema da Abbott, o cristalino é fragmentado pela ação precisa e suave do laser, dispensando a incisão e a movimentação da cânula durante o processo de fragmentação. A aspiração dos fragmentos é feita através de uma incisão mínima na córnea, pela qual também será inserida a lente.

Fonte: http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2015/07/22/abbott-traz-ao-brasil-novas-tecnologias-para-o-tratamento-da-catarata/

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário