15 de abr de 2016

Rio tem duas mortes por chikungunya, Além dos óbito. Estado do Rio registrou um aumento de mais de 55% nos casos suspeitos da doença

Dois óbitos pela febre chikungunya foram confirmados no boletim divulgado ontem pela Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde. No período de 1º de janeiro a 12 de abril, foram notificados 730 casos suspeitos de febre chikungunya no Estado do Rio. Destes, 160 foram confirmados, sendo 02 (dois) óbitos no município do Rio de Janeiro. Os demais permanecem em investigação. Em uma semana, foram 261 novos casos suspeitos da doença, um aumento de mais de 55%, já que no último boletim, foram registrados 469 casos da doença.

Dengue – Este ano, até o dia 12 de abril foram notificados 41.642 casos suspeitos de dengue no Estado do Rio de Janeiro, com 04 (quatro) óbitos confirmados. As notificações foram compiladas pela Secretaria de Estado de Saúde a partir de dados inseridos no sistema pelos municípios de todo o Estado, até o dia 12 de abril. No mesmo período de 2015, foram registrados 21.591 casos suspeitos de dengue no Estado, um aumento de mais de 92%. No ano inteiro de 2015, foram registrados 71.791 casos suspeitos de dengue no Estado do Rio de Janeiro, com 23 óbitos.

Zika– No período de 1º de janeiro a 11 de abril de 2016, foram notificados 27.239 casos suspeitos de Zika vírus no Estado do Rio de Janeiro. As notificações foram compiladas pela Secretaria de Estado de Saúde a partir de dados inseridos no sistema pelos municípios de todo o Estado, até o dia 11 de abril. 

Campanha – O mosquito Aedes aegypti é responsável pela transmissão dos vírus que causam doenças como dengue, zika e a chikungunya. Portanto, o combate aos focos do mosquito é a forma mais eficaz de se prevenir. A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro conta com a campanha 10 Minutos Salvam Vidas, que busca incentivar a população a tirar 10 minutos por semana para eliminar os possíveis focos do mosquito em suas casas. A campanha inclui também a produção de material informativo e realização de capacitação para profissionais de saúde das redes pública e privada. 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br/pt-br/saúde/rio-tem-duas-mortes-por-chikungunya

Nenhum comentário:

Postar um comentário