30 de jul de 2016

Raia Drogasil vê lucro crescer 55% no 2º tri e eleva meta de abertura de farmácias

SÃO PAULO - Uma das melhores ações da Bolsa nos últimos anos trouxe bons motivos para os seus acionistas esperarem ainda mais altas. Instantes após o fechamento do pregão nesta quinta-feira (28), a Raia Drogasil (RADL3) divulgou seu balanço referente ao 2º trimestre e ainda revisou para cima o plano de abertura de lojas para este ano e 2017.


Segundo a demonstração de resultados divulgada, a Raia Drogasil fechou o 2º quarto deste ano com lucro líquido de R$ 167,8 milhões, um salto de 55,1% em relação ao mesmo período de 2015. O número superou em 2,6% a média das projeções de analistas compiladas pela Bloomberg.
A receita líquida também deu um salto impressionante: 34,4% de crescimento, para R$ 2,93 bilhões, enquanto o Ebitda (sigla em inglês para Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) avançou 40,4%, para R$ 304,8 milhões. A média das projeções da Bloomberg apontava receita de R$ 2,71 bilhões e Ebitda de R$ 307,1 milhões.
Além dos resultados, a rede de farmácias soltou um fato relevante ao mercado elevando de 165 para 200 o número de lojas abertas em 2016. Para 2017, o guidance foi elevado de 195 para 200 novas farmácias.


Nesta quinta-feira, as ações da Raia Drogasil, que estão na Carteira InfoMoney, subiram 3,28%, fechando na máxima do dia (R$ 64,20) e aproximando-se do seu maior patamar da história (R$ 65,88). Melhor empresa do Ibovespa em 2015 com valorização de 41,88%, a empresa já ganhou 81,75% de valor de mercado neste ano - contra avanço de 30,7% do Ibovespa. De 2014 pra cá, os ganhos já chegam a 360%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário