2 de jul de 2016

Farmacêuticos de Barretos terão carga horária de 20 horas


Uma lei aprovada pelo prefeito de Barretos, Guilherme Ávila, altera a carga horária de alguns profissionais que atuam na rede pública de saúde, entre eles o farmacêutico, para 20 horas semanais. A lei complementar nº 295/2016 altera dispositivos da lei complementar nº 156/2011.

A proposta do vereador Olímpio Jorge Naben (Euripinho) levou em consideração o fato de o farmacêutico lidar diretamente com a saúde da população e tais atividades provocam desgaste físico e mental, o que comprometer a qualidade do atendimento. Em entrevista ao CRF-SP, o vereador destacou a importância da aprovação. “O farmacêutico lida com um aspecto fundamental, o cuidado ao paciente. É um reconhecimento e valorização a essa categoria tão importante à saúde pública. Foi uma luta muito difícil de mais de um ano e meio, mas a aprovação veio”.

O vereador Euripinho destacou a importância do farmacêuticoO vereador Euripinho destacou a importância do farmacêutico

O diretor regional do CRF-SP em Barretos comemorou a decisão. “Essa lei municipal amplia as ações do farmacêutico e é uma conquista para a categoria, já que outros profissionais que atuam no serviço público de Barretos já possuem a carga horária de 20 horas”.

 

Clique e acesse a lei na íntegra.

Clique e acesse o requerimento enviado pelo vereador ao prefeito.

 

Thais Noronha

Assessoria de Comunicação CRF-SP

Fonte:  http://portal.crfsp.org.br/index.php/noticias/7675-saude-publica1.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário