21 de out de 2015

Anvisa suspende a manipulação do insumo Somatomedina C



20 de outubro de 2015

A Anvisa determinou a suspensão da  importação, fabricação, distribuição, comercialização, manipulação e uso do insumo  farmacêutico ativo Somatomedina C (IGF-I).

Resultado de imagem para somatomedina c igf-i
O insumo foi suspenso porque a eficácia terapêutica não foi avaliada tampouco aprovada pela Anvisa.
As empresas que produzem a substância devem promover o recolhimento dos produtos existentes no mercado.
A medida está na Resolução 2.940/2015, publicada nesta terça-feira (20/10) no Diário Oficial da União (DOU)
fonte: http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2015/anvisa+suspende+a+manipulaao++do+insumo+somatomedina+c
O que é somatomedina C ou IGF-1:
Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1somatomedina C ou IGF-1 é uma proteínaproduzida no fígado em resposta ao hormônio de crescimento (GH) com papel importante no crescimento, desenvolvimento da musculatura, reduz os níveis de glicose no sangue, reduz os níveis de gordura corporal altera a oxidação lipídica e aumenta a síntese de proteínas.

Função


Em humanos, o GH e enquanto o IGF-I desencadeia o aumento da oxidação lipídica apenas cronicamente. Enquanto as ações sobre o crescimento são tempo limitado, as ações metabólicas e cardiovasculares do eixo GH/IGF-I perduram durante toda a vida.[1]
Apesar de muito similar à insulina, enquanto o receptor de insulina é altamente comum no fígado etecido adiposo branco em adultos, o receptor de IGF-I é raro nesses locais, sendo mais comum no músculo esquelético, onde estimula a diferenciação celular.

Uso terapeutico


Análogos sintéticos da IGF-1, como a mecassermina, podem ser utilizados para o tratamento de atraso no crescimento e podem retardar processos neurodegenerativos como mal de Alzheimer

Patologias


Um alto nível de IGF-1 aumenta o risco de câncerdiabetes e aceleram o envelhecimento. Uma dieta rica em proteínas vegetais, ricas em fibras e pobre em gordura saturada diminuem os níveis de IGF-1. Assim, vegetarianos e vegans tem menor risco de câncer e maior longevidade.[3] [4]
Incapacidade de produzir IGF-1 causa um menor crescimento e tendência a obesidade em crianças e adolescentes, popularmente conhecido como nanismo.
fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fator_de_crescimento_semelhante_%C3%A0_insulina_tipo_1

Nenhum comentário:

Postar um comentário