27 de mar de 2017

CRF-RJ decide tomar todas as medidas cabíveis para garantir as atribuições do farmacêutico


O Presidente do CRF-RJ Dr Marcus Athila e o Diretor Secretario Geral Prof Jose Roberto Lannes Abib, assim como os demais diretores, estão avaliando como enfrentar as resistências de algumas VISAS em relação ao consultório Farmacêutico, desconsiderando a atribuição legal do Conselho Federal de Farmácia (CFF), conforme as suas atribuições previstas na Lei Federal nº 3.820/60.





Estaremos tomando todas as medidas cabíveis que antecedem a última instancia que e entrar com processo na justiça, para que possamos garantir o pleno direito do profissional farmacêutico.
Já encaminhamos um ofício ao Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro Marcelo Crivella, solicitando que sejam tomadas as medidas administrativas cabíveis junto a Vigilância Sanitária Municipal para que a mesma respeite as atribuições do CFF e conceda o registro do consultório Farmacêutico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário